Como fazer um projeto de reforma de playground

reforma playground

Um projeto de reforma de playground é algo que precisa ser feito com muito cuidado e atenção. Esse assunto pode parecer sem importância para muitos moradores de condomínios, mas basta pensarmos que um playground sem manutenção pode colocar a vida das crianças em risco que o assunto passa a ser de vital importância.

Afinal de contas, estamos falando da segurança das crianças, e elas precisam de um local adequado para se desenvolverem e soltarem a imaginação junto com os amiguinhos.

Além disso, reformar o playground trará maior tranquilidade aos pais, pois eles saberão que seus filhos estão brincando em um local seguro e com boa manutenção.

Se você é um morador do condomínio e a ideia da reforma partiu de você, é muito importante que você converse com o síndico. Juntos, vocês conseguirão elaborar um projeto eficiente para que seja repassado aos demais moradores.

No post de hoje daremos 3 passos para te ajudar:

Passo 1: faça o levantamento do que precisa ser reformado

Antes de encomendar um projeto de reforma propriamente dito, é necessário fazer uma avaliação minuciosa do local para ter um levantamento detalhado do que está bom e o que precisa ser reformado.

Alguns exemplos de itens que você precisa verificar:

  • Piso: ele está ideal para amortecer possíveis quedas das crianças? Se o piso do playground infantil do seu condomínio for de cimento e asfalto, por exemplo, está mais do que na hora de trocá-lo. O mais ideal é utilizar placas de espuma EVA, pisos sintéticos e até mesmo areia, no caso de parquinhos externos.
  • Localização: se o playground estiver localizado perto de áreas de passagem e circulação de veículos (como as garagens), é recomendado transferi-lo de local, e, de preferência, sem acesso às áreas de circulação. Ele também deve ser bem arejado e com espaço suficiente para receber crianças de diferentes idades.
  • Brinquedos: os brinquedos do playground estão de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)? Esse levantamento é de extrema importância para se evitar acidentes. Os brinquedos devem ter, por exemplo, os cantos arredondados, tinta atóxica, parafusos embutidos e galvanizados (para não enferrujar) e não soltar fiapos. Uma boa dica é substituir os playgrounds de plástico pelos de madeira de boa qualidade, que exigem menos manutenção e reparo.

playground velho

Passo 2: faça o orçamento do projeto de reforma de playground com uma empresa especializada

Com o levantamento de tudo o que precisa ser reformado em mãos, é hora de saber quanto custará o projeto e toda a reforma. Nessa hora, o ideal é optar por uma empresa especializada e que produza equipamentos que estejam de acordo com todas as normas de segurança da ABNT.

É importante definir com a empresa o tipo de playground necessário e que alcance crianças de várias idades, pois existem playgrounds próprios para crianças menores (de 0 a 6 anos, por exemplo) e para crianças maiores, de até 14 anos.

Outra dica importante é solicitar um projeto de reforma que seja de fácil manutenção, para que os custos não sejam elevados para os condôminos.

Passo 3: é hora de conversar com os moradores

O ideal é você levar o tema para votação com o orçamento já feito. Portanto, em comum acordo com o síndico, reúna todas as informações e os argumentos que fazem com que a reforma não seja vista como algo supérfluo, mas como um item de extrema necessidade para garantir a segurança das crianças e a tranquilidade dos pais.  

Lembrando que de acordo com o artigo 1.342 da Lei 10.406/2002 do Código Civil, a reforma, que será para uso de todos, deverá ser aprovada por no mínimo dois terços dos votos dos moradores.

Portanto, o projeto de reforma de playground deve ser levado a sério por todos como uma forma de prevenção da saúde das crianças do condomínio. Nesse sentido, não espere que algo de grave aconteça para que esse tema seja colocado em pauta.

Quer saber um pouco mais sobre a importância de um playground para o desenvolvimento saudável de seus filhos? Veja nosso texto sobre como a brincadeira pode ajudar na educação das crianças.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo