Como construir uma praça pública em seu condomínio

praça-pública.jpg

Morar em um local que tenha uma praça pública é um verdadeiro privilégio para muitas pessoas, principalmente para as que vivem nas grandes cidades.

Entretanto, nem sempre o condomínio escolhido para se viver com a família fornece esse tipo de espaço de convivência; até que chegam os filhos e esse assunto passa a incomodar.

Afinal, quem não quer que as crianças cresçam num local seguro e, ao mesmo tempo, com a possibilidade de brincarem ao ar livre?

É possível, sim, construir uma praça pública em seu condomínio e isso dependerá de um bom planejamento e da aceitação dos demais moradores, é claro. No texto de hoje vamos esclarecer um pouco mais sobre esse assunto para você descobrir o que fazer.

A importância de uma praça pública em condomínios

Ter uma área de convivência ao ar livre e cercada de verde, como uma verdadeira praça pública deve ser, muda a vida de quem mora em locais fechados, e para melhor.

Afinal, um espaço de uso comum é capaz de oferecer uma melhora na qualidade de vida de seus moradores, ainda mais quando se tem filhos pequenos.

A seguir apontamos alguns motivos que explicam ainda mais essa importância:

  • Possibilidade de convivência (ou melhoria da convivência) com os demais moradores.
  • Todos os moradores, incluindo as crianças e os idosos, podem contar com um espaço seguro, agradável e ao ar livre para desempenharem atividades, como brincadeiras e exercícios físicos.
  • Ter um espaço verde, além de melhorar a qualidade do ar, também aumentam os índices de felicidade dos moradores (médicos afirmam indicam que a presença do verde ajuda, inclusive, a diminuir alguns riscos de doenças, como enfarte).
  • Ter uma área verde próximo ao local de moradia também ajuda a melhorar a qualidade do ar, pois as plantas e árvores conseguem filtrar a poluição do ar e diminuir as ilhas de calor.
  • Não há necessidade de um grande deslocamento para se chegar a uma área de lazer, descanso e meditação ao ar livre.

Itens que não podem faltar na praça do condomínio

Em primeiro lugar, para se ter uma boa praça dentro do condomínio é preciso de um bom planejamento e um projeto, para que os custos sejam definidos e se evite gastos além do necessário.

Um bom projeto que atenda aos mais diferentes moradores pode incluir itens como:

  • bancos;
  • playground;
  • espaço para caminhada ao redor;
  • jardim (projeto paisagístico contemplando gramado, árvores, arbustos e flores);
  • boa iluminação noturna;
  • instalação de câmeras de segurança;
  • projeto de irrigação, caso seja necessário, a depender do tamanho da praça.

Também é muito importante definir quem fará e como será realizada a manutenção da praça, pois se não for feita, pode comprometer o solo e as plantas do jardim.

praça pública condomínio

Em geral, jardins de pequeno e médio porte podem ter manutenção pelo menos uma vez por mês, principalmente em épocas de estiagem ou seca.

Conversando com o síndico

Tendo um local apropriado para se construir a praça no condomínio, é hora de conversar com o síndico. Uma dica é colocar no papel todos os motivos e argumentos a favor da construção da praça no condomínio.

Você pode ajudá-lo, por exemplo, a levantar todos os custos para desenvolver um projeto mais completo, que deve ser repassado aos demais moradores.

Nesse sentido, é muito importante estar atento ao que diz o artigo 1.342 da Lei 10.406/2002 do Código Civil, em relação a realização de obras em partes comuns de um condomínio:

A realização de obras, em partes comuns, em acréscimo às já existentes, a fim de lhes facilitar ou aumentar a utilização, depende da aprovação de dois terços dos votos dos condôminos, não sendo permitidas construções, nas partes comuns, suscetíveis de prejudicar a utilização, por qualquer dos condôminos, das partes próprias, ou comuns.

Ou seja, com os custos levantados e com a concordância do síndico, é hora de argumentar o quão melhor pode ser a qualidade de vida de todos os vizinhos com uma área de convivência verde, ao ar livre e, ao mesmo tempo, preservando-se a segurança de todos os moradores.

Se construir uma praça pública em seu condomínio também for o sonho dos demais moradores, é hora de colocar a mão na massa e partir para a ação, que certamente trará muitos benefícios a todos.

Ficou com alguma dúvida sobre esse tema ou quer compartilhar a sua experiência de ter um parque público em seu condomínio? Então deixe o seu comentário e vamos continuar esta conversa!

 

 

gestão de condomínio

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo