Parquinho na praça: quais as vantagens desse item para as famílias?

parquinho-na-praca-quais-as-vantagens-desse-item-para-as-familias.jpeg

Um lugar ideal para morar com sua família é aquele que oferece boa estrutura para seu dia a dia e opções de lazer. Por isso, os imóveis localizados em regiões que tenham um parquinho na praça são uma excelente opção. Isso porque o parque é sinônimo de lazer, convívio social, harmonia em família e qualidade de vida para todos.

Confira a seguir quais são as vantagens reais que um parquinho na praça oferece para as famílias e como isso pode impactar positivamente a proposta da política de urbanização.

É um lugar seguro para as crianças brincarem

O grande movimento de veículos nas cidades já não permite mais que as crianças estejam em segurança na rua de casa. Além disso, os pais se sentem receosos de permitir brincadeiras à moda antiga, já que a violência é um problema de todos os municípios do Brasil.

A alternativa é a construção de um parquinho na praça dos bairros, onde os pais possam levar seus filhos para brincar em segurança, num local específico para isso e sob seus olhares cuidadosos. Eles ainda contam com a ajuda das outras famílias, pois cria-se uma rede de amizade em que todos cuidam de todos.

Ajuda a fortalecer laços de amizade com os vizinhos

Como dito no item anterior, o parquinho na praça possibilita a criação de uma rede de amizade entre vizinhos e moradores do bairro. Ao levar as crianças para brincarem ali, os adultos interagem entre si, conversam e se conhecem um pouco mais. Dessa maneira, estreitam as amizades e criam vínculos de confiança.

Esse vínculo pode ajudar, inclusive, a manter a união entre os moradores para buscar por melhorias na região e também para se fortalecer contra problemas de criminalidade — com a criação de grupos de vizinhança solidária, por exemplo.

Permite que as crianças tenham convívio social

O convívio social é muito importante para que as crianças desenvolvam diversas habilidades e consigam aprimorar sua inteligência emocional. Por meio do contato com outras crianças, elas aprendem a respeitar o espaço das pessoas, respeitar regras e direitos, dividir dos brinquedos e o mesmo ambiente.

Elas fazem amigos, convivem com diferenças, exercitam a tolerância, a solidariedade e a empatia, além de aprenderem a lidar com suas emoções mais negativas ­— a frustração, por exemplo.

Evita o sedentarismo infantil e suas consequências negativas

Assim como para os adultos, o sedentarismo é um mal que ocasiona diversos reflexos negativos na saúde das crianças. Deixá-las fechadas em casa, sem se movimentarem por um tempo longo e contínuo, faz com que elas busquem alternativas para se distrair, que na maioria das vezes envolvem brincadeiras estáticas.

Quando ficam paradas, as crianças não gastam sua energia natural. O organismo acaba acumulando gorduras e glicose, o que leva à obesidade, aumento do colesterol, diabetes, alta dos triglicerídeos e problemas hormonais.

Esses males impactam não apenas as crianças, mas também a família de um modo geral e seus gastos. Como muitas crianças se tratam por meio do Sistema Único de Saúde, o sedentarismo infantil também é um caso de saúde pública.

 A obesidade infantil já é considerada um problema epidêmico no mundo todo.

Ajuda a elevar o valor das propriedades

Um dos fatores expressivos do parquinho na praça e de outras áreas verdes bem distribuídas nos bairros é a elevação do valor das propriedades.

Um bairro bem-estruturado oferece para a população tudo o que ela precisa perto de sua casa. Com isso, a cidade ganha valor em qualidade de vida e recursos, e isso se reflete no valor dos imóveis localizados naquela região.

Parques, praças e outras áreas de lazer não são muito comuns, e essa escassez faz com os que locais onde eles se encontram sejam disputados, valorizando os imóveis na região.

Aumenta a qualidade de vida da família

E não é apenas a saúde das crianças que vai ser impactada positivamente pelo parquinho na praça. Toda a família sente esse reflexo positivo quando possui uma opção de lazer perto de casa. Isso porque, como dito antes, o passeio no parquinho também é uma oportunidade para os pais interagirem com outras pessoas.

Esse convívio ajuda a aliviar o estresse, um dos vilões da modernidade. Essa mazela acarreta problemas de saúde, como a hipertensão, além de impactar o rendimento das pessoas de um modo geral, interferindo em seu estado psicológico.

Assim, com as crianças saudáveis e tranquilas, e os pais menos ansiosos e estressados, a qualidade de vida de toda a família se eleva, pois cada um de seus membros está em equilíbrio, refletindo no todo.

É opção barata para passeios no final de semana

Nem todas as famílias têm condições de sair nos finais de semana para passeios que necessitam de investimentos. Por isso, opções perto de casa para sair da rotina e distrair as crianças são fundamentais.

O parquinho na praça é uma dessas opções, pois permite levar os animais de estimação para brincar, fazer um piquenique ou encontrar com amigos.

Trata-se de um passeio que não vai impactar negativamente no orçamento familiar e, ao mesmo tempo, é mais saudável do que levar as crianças para o shopping, local onde teriam apenas a oportunidade de brincar com jogos eletrônicos, sem contato com a natureza.

Traz urbanização para o bairro

Com todas essas informações, dá para perceber que o parquinho na praça confere peso para a política de urbanização. As famílias, a comunidade em geral e o bairro são beneficiados por ele.

Um parque parece ser uma obra de pouca importância, em razão das funções limitadas que aparentemente tem. Porém, se analisado no contexto, torna-se uma boa estratégia para as campanhas.

Afinal, como foi dito, o parquinho influencia na qualidade de vida das famílias e oferece um suporte positivo para manutenção da saúde das crianças e a tranquilidade dos pais. Ou seja, essa opção de lazer é um investimento no bem-estar da comunidade.

Além disso, o parquinho na praça faz parte da estrutura do bairro. Quanto mais recursos a região oferecer para seus moradores, maior é a qualidade de vida ali. Com isso, o custo das propriedades se eleva, o que é um impacto positivo para a economia do município e das famílias.

Uma boa estratégia é incluir o parquinho na praça como uma das melhorias a serem feitas na urbanização dos bairros, visando alcançar todas as vantagens expostas como forma de manter a crescimento dos bairros e melhorar a qualidade de vida para todos.

Quer ter acesso a outros materiais interessantes como esse para melhorar suas estratégias? Então assine nossa newsletter e receba novos conteúdos por e-mail!

sucesso prefeitura

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo