Bullying no playground: precisamos falar sobre isso

bullyng-no-playbround.jpg

Assunto sério e que domina o universo infantil, a prática de bullying no playground do condomínio ou no da escola é um tema que definitivamente precisa ser debatido entre pais e educadores.

Mas afinal, o que é bullying?

A palavra bullying tem sua origem no termo inglês bully, que quer dizer “valentão”. Trata-se de uma série de ações violentas que são realizadas intencionalmente com o objetivo de humilhar, intimidar e excluir a vítima do convívio social.

O bullying sofrido pelas crianças na escola e nas brincadeiras no playground podem comprometer seriamente seu aprendizado, pois as vítimas podem desenvolver doenças e muitas dificuldades de socialização. Essas consequências, inclusive, podem ser carregadas por elas durante toda a sua fase adulta.

São classificados como bullying os seguintes atos:

  • intimidações;
  • humilhações em público ou escondidas;
  • agressões físicas ou verbais;
  • perseguição constante;
  • o agressor impede que a vítima utilize os brinquedos do playground;
  • apelidos degradantes ou ofensivos;
  • discriminação devido à cor ou outra característica física, como obesidade e magreza excessiva.

Quais são os sinais de que uma criança está sofrendo bullying no playground?

Se o seu filho brinca constantemente no parquinho do condomínio ou da escola, esteja sempre atento aos sinais aos sinais abaixo:

  • ele não quer mais brincar no playground;
  • ele está com dificuldades de brincar, tanto sozinho quanto em grupo;
  • ele se queixa de dores de cabeça ou no estômago e apresenta suor frio;
  • quando ele chega em casa, aparece com cortes, arranhões e hematomas difíceis de serem explicados;
  • ele chega em casa sem seus brinquedos ou com eles quebrados;
  • ele chega em casa com roupas rasgadas ou esticadas.

Como o bullying pode prejudicar o desenvolvimento de uma criança?

Seja no playground da escola ou do condomínio, o fato é que a prática de bullying pode afetar muito a vida da criança, tanto no seu desenvolvimento emocional, físico e também social.

Baixa autoestima, baixo rendimento escolar, evasão escolar, estresse, ansiedade, isolamento social e agressividade são um dos principais sintomas, que podem estar associados ou isolados.

Se não identificado e tratado cedo, as consequências podem evoluir para transtornos psicopatológicos graves, tais como fobias e depressões (inclusive com ideias suicidas) ou, por outro lado, despertar na criança desejos intensos de vingança.

Como os pais e professores devem se comportar?

É muito importante estar atento ao comportamento do seu filho para conseguir identificar sinais de que ele possa estar sofrendo bullying no playground do condomínio ou do colégio. Quando isso acontece, pais e professores precisam demonstrar apoio e acolher a criança vítima desse mal. 

Algumas dicas para confirmar as suspeitas de que uma criança está sofrendo bullying no playground são:

  • pergunte ao seu filho se ele está sofrendo agressões, ao perceber um comportamento estranho ou marcas físicas em seu corpo. Uma pergunta direta pode ser o incentivo necessário para fazer com que ele se abra.
  • Se a criança não responder imediatamente, mostre-se à disposição para conversar no momento em que ela precisar.
  • Você também pode fazer perguntas indiretas, caso as mais objetivas não funcionarem. Por exemplo, fale que você leu ou viu uma matéria na TV a respeito de bullying e pergunte a opinião dela sobre isso.

Identificado o problema, ele deve ser relatado à direção do condomínio ou da escola para que se tome as devidas providências contra os agressores.

Uma ótima ideia é realizar um trabalho preventivo em conjunto com os outros pais para que haja uma conscientização sobre atitudes discriminatórias. Um psicólogo também pode ser chamado para uma palestra e para esclarecer as dúvidas.

Bullying no playground do condomínio ou no da escola é um assunto muito sério e deve ser sempre discutido em casa. Portanto, esteja sempre próximo a seus filhos e ofereça ajuda, conforto e segurança para que eles saibam que podem contar com você. E não hesite em pedir ajuda profissional caso veja essa necessidade.

E por falar em segurança, você sabia que existe uma norma específica da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para a manutenção e a estrutura de playgrounds? Não deixe de ficar por dentro desse assunto e até a próxima!

cta-ok-aldesenvolvimento

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo