Brincadeiras no parquinho: entenda a importância para a sua escola

brincadeiras-no-parquinho-entenda-a-importancia-para-a-sua-escola.jpeg

Um dos recursos indispensáveis para uma escola é o playground. Apesar de ser visto como um espaço apenas de brincar, na verdade ele tem uma influência expressiva no desenvolvimento infantil.

As brincadeiras no parquinho impactam positivamente a saúde, a sociabilidade e o comportamento das crianças. Entenda definitivamente porque o parquinho é tão importante para sua escola.

Brincar é coisa séria

O desenvolvimento infantil começa a partir do nascimento da criança. Nesse momento ela começa a ter contato com o meio e as pessoas, acumula saber e percebe como se relacionar com os outros a sua volta.

Na medida em que cresce, esse conhecimento aumenta pelas experiências que vivencia e aquilo que observa. Essas situações que presencia, seja pelo exemplo dos adultos ou aquilo que vê na televisão, ela imita ao brincar.

A brincadeira para as crianças é algo muito sério, que faz com que exercitem o seu saber para colocar em prática no futuro. Elas literalmente treinam para a vida, assim como os filhotes de animais, que ensaiam através da brincadeira o seu instinto de sobrevivência.

No caso das crianças humanas, a brincadeira estimula o seu desenvolvimento de diversas maneiras. Nas brincadeiras direcionadas para sua idade, elas conseguem exercitar o aspecto cognitivo, e nas brincadeiras mais ativas, elas exercitam o aspecto físico.

E não é somente em casa que as crianças têm a brincadeira como suporte para seu desenvolvimento. É fundamental que na escola elas também recebam essa atenção. E um dos aliados dos professores de educação física nessa tarefa é o playground.

As brincadeiras no parquinho, apesar de serem vistas especialmente como atividade física para as crianças, são capazes de impactar positivamente todo o seu desenvolvimento. E a escola que aposta nesse recurso consegue realizar um trabalho mais amplo com seus alunos.

Contribuição das brincadeiras no parquinho

O desenvolvimento da criança precisa acontecer de uma forma equilibrada e exercitando diversos aspectos simultaneamente. Isso para garantir que elas possam desenvolver seu corpo, sua mente, sua inteligência e suas emoções.

Os pais contam com a escola para complementar o trabalho iniciado em casa. Por isso, é fundamental que a escola tenha a preocupação de oferecer aos alunos oportunidades para um crescimento saudável.

A vida agitada das famílias modernas nem sempre tem espaço para as brincadeiras que a criança tanto precisa. A falta de espaço das casas e apartamentos é mais um empecilho para que possam trabalhar seu corpo com atividades físicas.

Mas, se na escola tiverem o espaço para essas atividades, elas conseguem ter o desenvolvimento completo como necessitam. As brincadeiras no parquinho, para as crianças, são uma verdadeira academia.

Não somente uma academia para trabalhar o corpo, mas todos os aspectos que já citamos. Entenda como as brincadeiras contribuem para o desenvolvimento infantil:

No aspecto físico

Correr, pular, subir e se pendurar são algumas das atividades que o parquinho possibilita para as crianças. Todas essas ações trabalham o seu corpo de uma forma completa.

As aulas de educação física podem incluir as brincadeiras no parquinho de uma maneira diferenciada para trabalhar aquilo que o professor julgar pertinente.

As crianças não precisam brincar soltas todo o tempo no playground, mas podem ser orientadas a realizarem determinadas brincadeiras ou atividades que contribuam ainda mais para sua saúde.

No aspecto físico as brincadeiras no parquinho ajudam a criança a:

  • trabalhar todos os grupos musculares;

  • desenvolver a coordenação motora;

  • exercitar o equilíbrio;

  • fortalecer o sistema respiratório;

  • reduzir as taxas de glicose, colesterol e triglicerídeos;

  • ter consciência corporal.

Entre muitos outros aspectos positivos que impactam tanto sua saúde como o desenvolvimento do seu organismo.

No aspecto social

As brincadeiras no parquinho também são uma boa oportunidade para os professores trabalharem a sociabilidade das crianças. Também para observarem aquelas que possam ter problemas de adaptação e convivência.

É naquele espaço que deverão compartilhar, respeitar as regras e a vez do outro, trabalhar em equipe, negociar o espaço, e outras situações que também vivenciarão no dia a dia.

No aspecto comportamental

E os benefícios das brincadeiras no parquinho se estendem também para o aspecto comportamental e psicológico da criança.

Nos primeiros anos de vida, é um grande desafio subir as escadas do escorregador, chegar ao topo da casinha, atravessar a ponte e vencer o medo do balanço.

Assim, cada nova brincadeira que a criança aprende e novo brinquedo que explora contribuem para sua autoestima. Ela se sente mais confiante, mais segura de si mesma, encontra a coragem para vencer seus medos, ultrapassa seus próprios limites.

Tudo isso ajuda na formação de uma pessoa segura, que não tem medo de explorar o seu potencial e não se deixa bloquear pelas dificuldades.

O impacto negativo da falta de parquinho na escola

Não ter um parquinho na escola não infringe nenhuma legislação, porém, é uma grande perda para os alunos, suas famílias e também para a instituição. Mas especialmente para as crianças.

Como dissemos, muitas vezes os momentos de maior liberdade que uma criança tem é quando está na escola. Ali ela pode interagir com outras crianças, tem a chance de correr e brincar em grupo.

Se a escola oferecer para ela ainda mais oportunidades por meio de um playground, ela terá um estímulo maior para seu desenvolvimento. Terá sua chance de abandonar o sedentarismo, que não é sua opção, mas uma situação imposta pelo estilo de vida que possui.

Toda criança deseja brincar, faz parte dessa fase da vida e é extremamente importante que ela tenha a oportunidade para isso. Criança que brinca acostuma-se desde pequena com a atividade física, e isso reduz as chances de que seja um adulto sedentário.

É sempre importante lembrar que os mesmos problemas relacionados ao sedentarismo que afetam os adultos, também afetam as crianças. Sendo assim, a escola, instituição responsável por oferecer a elas um desenvolvimento saudável, tem sua parcela de responsabilidade na saúde também.

A melhor maneira de proporcionar esse cuidado aos alunos é através das brincadeiras no parquinho. Mas também e preciso que escola tenha atenção aos brinquedos escolhidos. Isso para que o playground seja um local seguro, que garanta apenas benefícios para os pequenos.

Os playgrounds de madeira e plástico, por exemplo, são uma das melhores opções atualmente, já que oferecem segurança e não necessitam de manutenções constantes. Isso torna as brincadeiras no parquinho ainda mais vantajosas para todos.

Continue descobrindo estratégias e recursos para que sua escola seja um ambiente saudável e acolhedor para os alunos. Assine nossa newsletter para ter acesso a mais conteúdos como esse.

cta-marketing

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo