Quais são os itens essenciais para montar uma casa de festas?

quais-sao-os-itens-essenciais-para-montar-uma-casa-de-festas.jpeg

Montar uma casa de festas requer planejamento, organização, a escolha de um bom lugar e de produtos de alta qualidade. É importante optar por um espaço que permita oferecer uma infraestrutura capaz de atender tanto adultos, quanto crianças. Afinal, se for possível agregar toda a família, melhor.

É possível surpreender e ser criativo desde a decoração, o mobiliário, perpassando pelas possibilidades de entretenimento como playgrounds para bebês, crianças e adolescentes, além da disponibilização de diferentes opções de cardápio.

O que não pode faltar para montar uma casa de festas

É possível que você decida montar o espaço para eventos em um anexo do seu restaurante ou em uma nova área. O essencial é que você defina o seu público-alvo e pense nele em cada detalhe que for inserir no local.

O buffet pode ser focado em um único público: crianças, adolescentes, adultos ou personalizável, podendo atender eventos corporativos, aniversários infanto-juvenis, casamentos, etc. A decisão vai depender do ponto escolhido e do seu objetivo.

Montar uma casa de festas requer atenção para:

  • Localização: busque por bairros de fácil acesso, mas preze por um bom isolamento acústico e estrutura mínima para estacionamento ou serviços de manobrista;

  • Divulgação do seu empreendimento: invista na comunicação visual (fachada atraente), na comunicação boca a boca (com os clientes do restaurante, seus amigos e familiares) e no marketing digital (redes sociais, sites gratuitos e anúncios no Google são fundamentais);

  • Preservação constante do mobiliário e da estrutura como um todo;

  • Manutenção da limpeza e organização dos banheiros, da cozinha e do salão antes, durante e depois das festividades;

  • Normas de segurança, com o cumprimento do alvará de bombeiros, extintores com validade em dia, etc.

Confira também 3 itens essenciais para que a sua casa de festas se diferencie diante da concorrência:

1. Playgrounds seguros

O ponto alto para a escolha da casa de festas é a variedade e a qualidade dos brinquedos oferecidos. Os pais sempre olham quais são as opções disponibilizadas e o estado de conservação delas.

Caso seja um espaço para públicos variados, você pode escolher um bom playground infantil para que os adultos fiquem tranquilos, enquanto os pequenos se divertem.

Há alternativas hoje divididas por faixa etária que podem entreter desde os bebês (como o playground baby para crianças até 6 anos) até os adolescentes (como o teen para usuários até 14 anos).

No momento da decisão, prefira equipamentos de madeira plástica. A durabilidade é maior, a higienização é fácil, além de serem ecologicamente corretos.

Se a casa de festas for exclusiva para o público infantil, a área de diversão pode ser maior e conter casa de bonecas; piscina de bolinhas; cama elástica; mesinhas para desenhar, pintar e brincar de massinha; tapetes de EVA com brinquedos de montar, fantoches, fantasias e livrinhos etc.

Também é interessante instalar um salão de jogos com mesa de pebolim, mesa de pingue-pongue, futebol de botão, videogame, entre outros jogos.

Além disso, feche parcerias que permitam que você ofereça opcionais como pintura de rosto; atrações como mágicos, princesas, palhaços e demais personagens. Contar com fornecedores de qualidade é também uma boa opção. Fique atento às escolhas para decoração, convites e lembrancinhas personalizados, DJ, fotografia e filmagem e cerimonialistas.

2. Cardápios variados e de qualidade

Outro fator que as pessoas levam em conta no momento da escolha do local para comemorar uma festa é o excelente custo benefício e a variedade de cardápio. É interessante que a produção seja própria para que você mantenha o controle sobre os ingredientes utilizados, além da qualidade e do alto nível, tanto no sabor, quanto na apresentação dos pratos.

Na hora de decidir quais serão as opções, também leve em conta o seu público. Caso sua casa de festas seja apenas voltada para o público infantil, deve-se pensar também em opções que agradem os adultos que irão acompanhá-los.

Independentemente de qual faixa etária você irá atender, não se esqueça de sempre apresentar uma opção vegetariana e, caso queira se sobressair ainda mais, disponibilize pratos especiais para alérgicos ao glúten e à lactose (muito comuns atualmente).

Algumas opções são:

  • Buffet de crepes

  • Buffet de massas

  • Buffet de tortas com salada

  • Churrasco

  • Buffet tradicional de aniversário: salgados, mini sanduíches (cachorro quente, hambúrguer, pão com carne), pipoca e batata frita

  • Refeições que podem ser almoços ou jantares com serviço americano (cada um se serve em uma ilha montada com os pratos)

  • Refeições servidas no sistema finger food (em pequenas porções)

Planeje o que você deseja e pode proporcionar. Seja flexível no que for possível, já que clientes gostam de personalizar, de misturar diferentes cardápios. Se a qualidade de entrega não for comprometida, abra exceções sem se preocupar.

Estude oferecer algo exclusivo: um prato ou sanduíche que só você produza, seja pelo tempero, molho ou mistura de ingredientes. Elabore um coquetel (inclusive não alcoólico), ou suco que só é encontrado em sua casa de festas. As pessoas gostam de se sentir prestigiadas e especiais.

Não se esqueça dos doces. Caso você opte por terceirizar a produção de bolos e docinhos, escolha fornecedores à altura do seu estabelecimento. Uma máquina de algodão doce ou de chocolate com frutas pode surpreender a todos.

E, por fim, não se esqueça das bebidas, tenha opções geladas e sem gelo, alcoólicas e não alcoólicas, refrigerantes e sucos naturais.

3. Excelência no atendimento

Você pode pensar que esse item é bastante clichê. A verdade é que o que mais diferencia a sua empresa das outras do ramo são as pessoas que você contrata e o atendimento oferecido por elas. Esses indivíduos são o cartão de visita dos seus serviços.

Uma equipe bem treinada e motivada, mesmo que conte também com colaboradores terceirizados e temporários, é capaz de tornar inesquecíveis as festas realizadas pelo (e para o bem, uma vez que fazer com que uma comemoração seja memorável pelos motivos errados, pode representar o início do fim do seu projeto).

Capacite os colaboradores para trabalhar em ambientes lotados, para atender bem as crianças, para manipular os alimentos durante a festa e para circular pelo salão quando há pequenos correndo pelo local.

Aliás, é como uma orquestra. O seu quadro de funcionários deve conter garçons, recepcionistas, seguranças, monitores, cozinheiras e auxiliares de limpeza que vão atuar de forma unida e parceira para que tudo saia conforme o planejado.

Por fim, estude o setor. Instituições como o SENAC oferecem cursos focados em buffets e eventos, assim como o Sebrae, que disponibiliza capacitações sobre administração e planejamento financeiro, de acordo com o segmento de atuação.

Montar uma casa de festas não é igual a montar um restaurante. Cada estabelecimento possui suas particularidades e requer conhecimentos específicos para que deem certo.

Gostou dessas dicas? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro de outros temas como esse!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo