Parques infantis são realmente seguros?

kidsplayinginpark3.jpg

Aqui no blog da Aquarela Parques, nós sempre ressaltamos a importância de se adquirir parques infantis que atendam às normas de segurança, para garantir que os produtos tenham durabilidade.

Inclusive, neste post aqui resumimos as principais recomendações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para te orientar na hora de comprar e manter um playground infantil, seja na escola, no condomínio ou, ainda, ajudar a vistoriar os brinquedos da pracinha do bairro.

Hoje, vamos continuar falando sobre esse assunto, mas focando nas recomendações do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Todos os brinquedos infantis precisam ser certificados por esse instituto.

Os motivos para a nova portaria do Inmetro

Em 2016, foi lançada uma nova portaria – a Portaria nº 563/2016, após meses de pesquisa pública, que, aliás, levou em conta dados de 2014 do Departamento de Informática do SUS (Datasus).

Segundo o departamento, foram registrados naquele período 45 mortes de crianças em playgrounds nos últimos 15 anos, além de mais de 6 mil internações.

Além disso, segundo divulgação da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), órgão de imprensa do governo, o próprio Inmetro também realizou uma pesquisa entre 2013 e 2014 com 212 creches e pré-escolas. Foi constatado que:

  • 62% das ocorrências de acidentes com parques infantis foi causado pelo mau uso do equipamento;
  • Dos 12,5% dos acidentes mais graves, quase a metade deles (48,8%) foi causado por queda do brinquedo, 25% por ferimentos provocados pelo movimento do brinquedo e 11,54% pelo aprisionamento de partes do corpo dos pequenos.

Percebeu a importância de prevenirmos acidentes em parques infantis com brinquedos certificados e vistoriados, além da presença de adultos supervisionando as brincadeiras?

Resumo da portaria do Inmetro para segurança em parques infantis

O chamado Regulamento Técnico da Qualidade para brinquedos (RTQ) determina alguns requisitos a serem atendidos pelos fabricantes de brinquedos, incluindo, brinquedos de parques infantis.

Eis alguns pontos:

  1. Os brinquedos dos parques infantis não podem apresentar danos em sua estrutura quando submetidos à utilização das crianças;
  2. O grau de risco presente durante o uso correto dos brinquedos deve ser proporcional à capacidade de seus usuários e de seus responsáveis;
  3. Os brinquedos dos parques infantis devem ser projetados para que se evitem riscos de fogo, danos mecânicos, falha de algum componente ou falta de cuidado que prejudiquem a segurança das crianças;
  4. Os brinquedos dos parques infantis devem ser fabricados de forma que o nível de pressão sonora (barulho) não seja prejudicial às crianças;
  5. Eles não podem ser tóxicos;
  6. Todas as partes dos brinquedos devem ter resistência mecânica e estabilidade para suportar as tensões do uso, de forma que não haja risco de lesão nas crianças;
  7. As bordas acessíveis, salientes, cabos, cordas e fixadores dos brinquedos dos parques infantis também devem ser projetados para que não haja lesões nos usuários.

Então, respondendo à pergunta inicial do título, sim, parques infantis são seguros – desde que os brinquedos sejam certificados e passem por vistorias e manutenções frequentes. Portanto, fique de olho!

Para mais detalhes sobre parques infantis, separamos estes posts:

Segurança de playground infantil: como verificar os certificados?

Playground de madeira vs. Playground de plástico: qual é o melhor investimento?

O verdadeiro objetivo de um parque infantil

E se você tem interesse em conhecer os modelos de parques infantis fabricados pela Aquarela Parques, clique aqui e fale com a gente. Todos os nossos produtos são feitos de acordo com as recomendações do Inmetro e da ABNT. Até a próxima!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo