Dicas de convivência: saiba como lidar com 5 tipos de vizinhos

dicas-de-convivencia-saiba-como-lidar-com-5-tipos-de-vizinhos.jpeg

A vida moderna nas cidades acaba exigindo que as pessoas habitem em lugares com menos espaço. Se antes muitos moravam em casas, hoje os condomínios e prédios tomaram conta da paisagem e grande parte das pessoas vive em um apartamento. 

Viver em condomínios é uma opção que apresenta uma série de vantagens. É mais seguro e muitos deles contam com espaços coletivos e áreas de lazer para as crianças, assim elas têm onde brincar e fazer amigos. Entretanto, existe um ponto negativo: os vizinhos chatos!

Aprender a viver com vizinhos difíceis é um mal necessário para ter uma vida sem stress. Para fazer a paz reinar no seu lar doce lar, confira nossas dicas de convivência, veja como lidar com 5 tipos de vizinhos e livre-se de problemas! 

1 – O vizinho barulhento

Certamente você já teve um vizinho desses. Música alta, televisão e gritaria. Infelizmente, este perfil é muito comum e um dos campeões de reclamações. Para lidar com a situação, o ideal é iniciar o contato de uma forma gentil e explicar que ele está incomodando seu sossego. 

Em casos extremos, quando o vizinho é realmente sem noção, vale a pena consultar as convenções do condomínio e relembrá-lo sobre as leis do silêncio. Nesta situação, você pode fazer uma reclamação com o síndico e deixar sua queixa registrada no livro. 

2 – O vizinho festeiro 

Como o vizinho barulhento, este também adora um som alto e vive dando festas em casa. O resultado: um vai e vem de pessoas estranhas pelas áreas comuns, muito ruído e sujeira espalhada, como latas de cerveja e restos de comida. Um pesadelo que muitas vezes só chega ao fim com o chamado da polícia. 

Para evitar um conflito maior, procure, primeiramente, conhecer este vizinho. Assim, ao invés de chamar o síndico ou a polícia e tornar a convivência entre vocês mais hostil, vá até o apartamento dele e converse com calma. Pode ser mais fácil resolver a situação e conseguir o respeito dele através da amizade. 

3 – O vizinho que é louco por obras

Algumas pessoas parecem adorar obras e estão sempre investindo em uma reforma no seu apartamento. Entretanto, acabam causando um baita transtorno, muita sujeira e barulho. 

Infelizmente, como fazer obras é um direito do morador, se ele estiver realizando os procedimentos dentro do horário permitido pelo condomínio, não há nada que possa ser feito e você precisará aceitar a situação. Porém, se o vizinho passar dos limites vale ter um conversa civilizada de forma que ele entenda que está atrapalhando.  

4 – O vizinho dono de animais 

A presença de animais de estimação costuma ser um assunto polêmico e delicado dentro dos condomínios. Muitos se incomodam com os latidos e o mau cheiro. Entretanto, se a convenção do condomínio permite animais domésticos, não existe muita coisa a fazer a não ser investir no diálogo honesto com o vizinho. 

Um ponto importante é a questão de fobia de animais. O dono precisa entender que não pode deixar seu animal solto ou circular sem guia fora do seu apartamento para não atrapalhar os demais moradores. 

5 – O vizinho desligado 

Este tipo esquece de trancar a porta do prédio, deixa o lixo fora do local correto, estaciona o carro no lugar errado, ou seja, é completamente desligado, chegando a perturbar um pouco a ordem do condomínio. 

Os distraídos por natureza devem ser constantemente informados e vale a pena reforçar as regras com eles de modo que se deem conta de que suas ações estão incomodando os vizinhos.

Se você identificar que alguns são desligados por “má-fé”, cabe acionar o síndico para que, dependendo da ocorrência, seja emitida uma multa ou advertência. Quem sabe dessa forma eles aprendem a se comportar de maneira adequada? 

Ter vizinhos inconvenientes não é fácil e é preciso uma boa dose de paciência para estabelecer uma relação saudável entre as pessoas. Investir na amizade e em atitudes amigáveis como cumprimentar o vizinho e respeitar as regras do condomínio são boas dicas de convivência básicas para começar e deixar sua vida mais leve! 

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe com a gente, nos comentários, como você faz para lidar com vizinhos chatos!

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo