Como tornar meu condomínio sustentável?

como-tornar-meu-condominio-sustentavel.jpeg

 

Hoje, a sustentabilidade é um desafio e um objetivo cada vez mais comum entre pessoas e empresas. Os condomínios também precisam abraçar essa ideia, já que tem tudo a ver com a qualidade de vida e também com a proteção do meio ambiente.

A boa notícia é que tornar o seu condomínio sustentável é menos difícil do que parece e pequenas mudanças geram grandes e positivos impactos. A seguir, veja como fazer para que o seu condomínio entre nessa onda.

Utilize lâmpadas de LED

Uma lâmpada de LED pode ser até 12 vezes mais eficiente do que lâmpadas tradicionais e diminuir a conta de luz em até 90%. Isso acontece porque ela diminui consideravelmente o consumo de energia que é dissipada em calor. Além disso, ilumina mais e melhor e dura mais tempo.

Ao colocá-la em seu condomínio você reduz tanto o consumo de energia elétrica quanto o consumo de lâmpadas em si, o que ajuda o planeta. Se elas estiverem associadas a sensores de movimento a economia é ainda maior porque o desperdício é evitado.

Programe uma coleta seletiva

O brasileiro médio produz cerca de 1 quilo diariamente. Multiplique essa quantidade pelas dezenas ou mesmo centenas de pessoas em um condomínio e você nota a importância de pensar na coleta de lixo.

Sem uma coleta seletiva, material orgânico se mistura com inorgânico, assim como os recicláveis com os não recicláveis. Além de poluir o ambiente, há o desperdício de boas oportunidades de economia com a reciclagem.

Por isso, vale a pena implantar a coleta seletiva, inclusive conscientizando dos condôminos sobre a importância de separar o lixo para que ele possa ser reciclado.

Reutilize a água da chuva

A limpeza do condomínio é, ao mesmo tempo, uma tarefa indispensável e que consome muita água. Diante das recentes necessidades de economia desse recurso, uma forma de ser sustentável é reutilizando a água da chuva para essa função.

Funciona assim: são construídas cisternas de captação da água da chuva de maneira contínua. Depois de um determinado período, a água pode ser usada, sem custos, para limpar o condomínio.

Monte um playground com madeira plástica

A madeira plástica é um material totalmente sustentável, durável e com boas características. Enquanto o plástico pode ser pouco resistente e a madeira exige cuidados demais, esse material funciona muito bem para a área das crianças, como os brinquedos do playground.

Além de diminuir o consumo em si, o condomínio ajuda a natureza ao não consumir madeira extraída ilegalmente e nem plástico que demora muito a se dissolver no meio ambiente.

Aumente a área verde

Em um país tropical como o Brasil, ter uma área verde maior nos condomínios ajuda não apenas a qualidade de vida, mas também o conforto térmico. Com mais plantas, a temperatura é mais fresca e o consumo de água e de energia elétrica é menor.

Além disso, por si só contar com área verde já tem tudo a ver com sustentabilidade. Por isso, vale a pena tanto criar projetos paisagísticos para o condomínio como incentivar a criação de jardins verticais por parte dos condôminos.

Pensar em soluções alternativas e que preservem a natureza é a chave para tornar seu condomínio sustentável. Todas essas dicas podem ser adaptadas conforme as possibilidades e necessidades do seu condomínio, ajudando o planeta e melhorando a qualidade de vida dos condôminos.

Deixe nos comentários quais as soluções que você introduziu ou pretende implantar em seu condomínio!

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo