Como estimular a interação social nas crianças?

talking.jpg

Estimular a interação social nas crianças pode gerar dúvida em alguns pais, principalmente em famílias que têm filho único. Nesse caso, a interação social precisará ser estimulada totalmente fora do lar, seja no playground do condomínio ou com os coleguinhas de escola. Mas por onde começar?

No post de hoje vamos te mostrar algumas dicas bem práticas sobre esse tema:

1. Comece sendo o exemplo

Sabemos que as crianças prestam muita atenção nos hábitos de seus pais e acabam reproduzindo seus gestos e comportamentos. Então, nada melhor do que estimular a interação social nas crianças sendo você um exemplo de interação.

Você pode, por exemplo, visitar seus amigos e familiares e levar seus filhos junto. Se tiver crianças na casa a ser visitada, melhor ainda! Também convide de vez em quando para que eles visitem a sua casa, para estreitar ainda mais os laços.

2. Convide um amigo da criança para sua casa

Se o seu filho for tímido, pode ser que ele tenha dificuldade de interagir com muitas crianças ao mesmo tempo. Então, uma dica é começar convidando um coleguinha de classe que ele mais se identifica para a sua casa – ou melhor, pedir para que seu filho convide.

Dessa forma, você pode encorajar o pequeno e o coleguinha a brincarem juntos e, aos poucos, o seu filho começa a expandir o círculo de amizades. Não se esqueça de checar com os pais do coleguinha se ele tem permissão para ir em sua casa, ok?

3. Vá com seu filho em locais que tenham outras crianças

Como brincar é a melhor forma de estimular a interação social nas crianças, uma ótima dica é frequentar lugares com seu filho que tenham outras crianças.

Vale a pena ir em parques, pracinhas, locais privados com playground (como restaurantes e shoppings) e outros locais onde é possível que a interação ocorra naturalmente ou com o estímulo dos pais.

4. Organize festinhas infantis

O aniversário dos seus filhos é uma ótima maneira de estimular a interação social nas crianças. Mesmo que ele ainda não tenha amiguinhos, vale a pena organizar uma festinha e chamar seus vizinhos, parente e amigos que tenham filhos.

Outra ideia é você organizar a festinha na própria escola do pequeno. Nesse caso, converse com a direção da escola sobre essa possibilidade e explique a situação da necessidade de seu filho interagir mais com os coleguinhas.

5. Matricule seu filho em atividades esportivas

Seja um esporte, aulas de dança, karatê, futebol, vôlei… O importante é que a atividade envolva interação social. Atividades esportivas, além de fazer um bem enorme às crianças, também estimulam o convívio em grupo e ampliam as relações que precisam ir além da família e da escola.

6. Dica final para estimular a interação social nas crianças: não seja superprotetor

É normal se sentir inseguro e querer proteger os filhos, mas é preciso haver um certo equilíbrio para não ter consequências no desenvolvimento dos pequenos.

Então, cuidado ao restringir demais atividades em grupo e atenção na hora de defender seu filho quando ocorrer algum conflito com outros pequenos. É preciso saber ouvir a todos e ir orientando sem colocar ainda mais lenha na fogueira.

Todas essas dicas certamente te ajudarão a estimular a interação social nas crianças. Mas se você perceber que seus filhos ainda estão com muitas dificuldades de conviver com outras crianças e a fazer amizades, talvez seja hora de procurar a ajuda de um especialista, como um psicólogo ou o pedagogo da escola.

E por falar nesse assunto, você precisa ler o post que preparamos sobre um assunto sério: bullying no playgound. Saiba como identificar se o seu filho é vítima e saiba o que fazer. Até a próxima!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo