Aprenda como montar uma semana pedagógica

aprenda-como-montar-uma-semana-pedagogica.jpeg

O ano letivo acabou, turmas se formaram, alguns alunos se foram e outros novos chegaram. E para o novo ciclo começar com o pé direito, a semana pedagógica é essencial. Esse é um momento especial, pois ele concilia avaliação e planejamento, enquanto fazemos a retrospectiva do ano que passou e lançamos nossas apostas para o futuro.

Investindo poucos dias, a semana pedagógica ajudará a avaliar os dados da escola, a criar um panorama das turmas e suas aprendizagens, a programar e organizar o calendário letivo e muito mais. Quer saber como montar uma semana pedagógica perfeita? Então confira nossas dicas separadas por dia, logo abaixo!

Dia zero: Programação da semana pedagógica

Até para organizar, é necessário organização. Assim, o planejamento da semana é feito pela equipe gestora, antecipadamente. Monte um cronograma, pensando no tempo disponível: quantos dias? Manhã e tarde? Com isso, eleja as prioridades.

Geralmente, calendário escolar, passagem das turmas e plano de ensino são prioritários. Providencie o calendário escolar disponibilizado pelas Secretarias de Educação, reúna dados da escola, como taxas de matrícula e reprovações e deixe tudo separado para consulta durante a semana pedagógica efetiva.

Dica: estudos oficiais (como os do Ideb) relacionam a escola com o cenário geral da educação.

Primeiro dia: Recepção e avaliação

É começo de ano, muitos colegas se reencontrando depois das férias e possíveis novatos se apresentando. Aproveite esse momento para motivar a equipe, incentivando um bom clima para o reinício.

Após as introduções e confraternizações, releia o Projeto Político Pedagógico (PPP); apresente os dados reunidos anteriormente e contextualize a escola (famílias atendidas e perfil dos alunos).

Dica: use registros de atividades (como projetos e trabalhos de artes) na avaliação — isso envolverá mais os professores.

Segundo dia: Calendário escolar

O calendário é estratégico: dará aos professores a medida do tempo que administrarão. Por isso, traga cópias do calendário oficial e das grades de horário antigas. Peça para avaliarem de acordo com sua área: além do conteúdo, há tempo suficiente nos laboratórios e ateliês para aulas práticas, por exemplo?

Dica: crie grupos com professores e gestores; peça que observem o tempo programado para esportes, recreio e uso da área comum e do parquinho — eles também participam do desenvolvimento social das crianças e são muito importantes no aprendizado.

Terceiro dia: Passagem de turmas

Nesse dia, os professores relatarão as experiências com as turmas passadas. Documentos como mapas de aprendizagem e fichas de alunos devem estar disponíveis. Agrupe-os por ano ou área, mas garanta a participação de todos. Com isso, cria-se um panorama da aprendizagem na escola.

Dica: convide equipes da limpeza e merenda a participarem — a rotina também passa por eles.

Quarto dia: Plano de ensino

Como no dia anterior, professores podem agrupar-se por ano (no Ensino Fundamental) ou área (no Ensino Médio). Matriz curricular, experiência individual e PPP devem ser a base das discussões. Peça uma apresentação oral ao final: ela possibilita sugestões, interdisciplinaridade e coesão com o todo da escola.

Dica: busque por inovação nos planos — os professores propõem atividades lúdicas, participação nos projetos e recreio dirigido, ou só aula tradicional?

Quinto dia: Encerramento

A semana pedagógica é um momento de renovação da escola. Tudo que possa interferir na aprendizagem pode ser modificado, do calendário ao espaço físico. Junto à gestão, estabeleça reuniões e acompanhamento ao longo do ano. Isso assegura que as resoluções da semana pedagógica sejam executadas.

Você gostou do nosso passo a passo para montar uma semana pedagógica produtiva? Então compartilhe o post com amigos e colegas nas redes sociais e ajude outros gestores e professores a programarem uma ótima semana pedagógica em suas escolas!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo