9 ótimas atividades para crianças de férias que moram em condomínios

9-otimas-atividades-para-criancas-de-ferias-que-moram-em-condominios.jpeg

Em um mundo de videogames e internet, difícil é fazer as crianças brincarem fora de casa. Permitir que o seu filho passe todo o tempo interagindo apenas com a tecnologia, não é saudável para ele, especialmente, durante o período de recesso escolar.

Mas o que fazer ao ar livre? Existem diversas atividades para crianças de férias que podem ser realizadas dentro da segurança do condomínio. Você nem precisará ir muito longe para fazer com que o seu filho se divirta bastante!

Para te ajudar a escolher algumas dessas atividades, fizemos uma lista com algumas brincadeiras bem legais. Dá para testar todas elas enquanto as aulas não voltam. Vamos lá?

Conheça diversas atividades para crianças de férias

1. Pega-Pega

Antes de começar com as brincadeiras, é indicado que as crianças se aqueçam. A ideia é a mesma de quando você vai faz um exercício na academia: é preciso preparar o corpo para o que vem adiante.

As crianças podem aproveitar o próprio Pega-Pega para realizar esse aquecimento. É uma brincadeira simples, muito divertida e cheia de adrenalina. Muitos adultos já brincaram assim na infância e, certamente, os pequenos vão amar toda essa movimentação.

Nesta brincadeira, uma criança é escolhida para correr atrás das outras. Quando ela consegue tocar em alguém, passa a sua função para a outra criança, que agora corre atrás das demais. É também uma excelente forma de fazer as crianças interagirem.

2. Jogo da Bandeira

É um jogo em que algumas equipes precisarão ser formadas e cada uma delas precisará da sua própria área e bandeira (não precisa ser uma bandeira propriamente dita, pode ser qualquer objeto). Esta deve ser posicionada no fundo do campo e o grande objetivo aqui é, justamente, roubar a bandeira da equipe adversária.

Mas não é só atravessar o campo e pegar a bandeira. A graça da brincadeira está aqui: se, ao invadir o campo, o jogador for tocado por alguém da equipe adversária, ficará congelado, e só poderá se mover novamente se alguém da mesma equipe tocar nele.

A equipe ganhadora é aquela que conseguir mais bandeiras do adversário. Se não for possível formar mais que 2 equipes, considere como ganhadora a equipe que primeiro pegar a bandeira da outra.

3. Quente ou Frio

É o tipo de jogo que agrada não só aos mais novos como também às crianças mais velhas. Alguém de fora deve esconder um objeto e, em seguida, todos os outros devem tapar os olhos com a ajuda de uma venda.

Assim, os outros jogadores começam a procurar e quem escondeu deve falar alto para um jogador “tá quente”, caso esteja chegando perto do objeto ou “tá frio”, se estiver distante. Quem encontrar o item primeiro é o ganhador.

4. Polícia e Ladrão

É um jogo bem divertido e se parece um pouco com o Pega-Pega. Primeiro, será necessário dividir as crianças em 2 grupos: um será o grupo dos policiais e o outro, dos ladrões. O papel da polícia é colocar os bandidos na “cadeia” (pode ser um local escolhido aleatoriamente). Já os bandidos devem correr para não serem pegos e também libertar os outros que já estão presos.

O jogo chega ao fim só depois que todos os ladrões forem presos. A partir desse momento, os papéis se invertem e a brincadeira recomeça.

5. Esconde-Esconde

É um jogo bem emocionante. Enquanto uma pessoa conta, virada para parede e com os olhos fechados, os outros devem procurar um esconderijo. Após a contagem, o objetivo é encontrar as pessoas escondidas, e caso o jogador encontre alguém, deve dizer “1, 2, 3 (o nome de quem foi encontrado).

O último que continuar escondido pode tentar salvar os outros indo até o local da contagem e dizer “1, 2, 3 salve todos” e assim, quem contou terá que fazer a contagem de novo na próxima brincadeira. Se não foi possível salvar todos, o primeiro que foi encontrado terá que contar.

6. Cabo de Guerra

As crianças deverão ser separadas em duas equipes, com número igual de pessoas, e cada uma ficará numa ponta da corda. Esta, precisa estar com uma fita pendurada, exatamente, no meio. Esse será o ponto inicial da brincadeira. Duas faixas devem ser colocadas no chão, elas serão o limite que não pode ser atravessado por nenhuma pessoa.

A brincadeira tem início quando as 2 equipes começam a puxar a corda, cada uma para o seu lado, e só termina quando alguma delas acaba atravessando a faixa de limite. No lugar das faixas também pode ser colocado um colchão velho ou emborrachados para que as crianças não se machuquem ao cair.

7. Jogo das Cadeiras

Muitas pessoas já brincaram disso e vão se lembrar como funciona. Serão colocadas, em círculo, uma certa quantidade de cadeiras (sempre uma cadeira a menos que o número de participantes) e as crianças devem caminhar ao redor delas enquanto a música toca.

Quando a música parar, elas devem procurar uma cadeira para sentar. Saem aqueles que não arranjarem uma, e ganha aquele que ficar com a última cadeira.

8. Morto ou Vivo

Uma brincadeira simples e que requer muita atenção dos participantes. Os pequenos devem ficar em fila e uma outra pessoa, de frente para eles, deve falar as palavras “morto” (abaixar) e “vivo” (ficar em pé) em sequências e velocidades variadas. Quem não conseguir seguir essa sequência, fica de fora. Ganha aquele que conseguir seguir todos os comandos.

9. Playground

Brincar no playground do condomínio também é uma ótima forma de se divertir. Existem alguns que foram pensados especialmente para crianças de determinada idade e estimulam a mente deles de acordo com a faixa etária. Além disso, é uma opção bastante versátil porque os pequenos podem brincar em grupo ou sozinhos, se não achararem um amigo no momento.

Caso o seu condomínio não tenha um playground, esta pode ser uma boa pauta para as próximas reuniões. O custo-benefício é incomparável e é possível encontrar opções de alta qualidade. Existem playgrounds que são feitos de materiais antialérgicos, não acumulam sujeira nem fungos e bactérias e, ainda por cima, são feitos de material reciclado, respeitando o meio ambiente!

Muitos pais acabam se distanciando do dia a dia dos filhos por conta de tantas obrigações e afazeres. Porém, durante as férias, os pequenos passam o dia todo em casa e é muito importante que, sempre que for possível, os pais reservem um tempo para ficar com eles.

Aproveite os finais de semana para brincar com seu filho ao ar livre e participar ativamente de tudo. Convide outros pais e crianças do condomínio para se juntarem às brincadeiras citadas acima. A presença dos pais é fundamental para qualquer criança, e você ainda se diverte e deixa o estresse e as preocupações de lado.

Gostou de todas essas ideias de atividades para crianças de férias? Para ter mais opções de diversão, entre em contato conosco!

 

cta-meio-de-post-gestao-cond

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo