5 dicas para usar redes sociais na administração de condomínios

5-dicas-para-usar-redes-sociais-na-administracao-de-condominios.jpeg

As redes sociais hoje formam uma enorme comunidade global, onde bilhões de pessoas interagem entre si. A ampla abrangência dessas plataformas faz com que cada vez mais empresas e entres jurídicos se façam presentes nelas para melhorar seu relacionamento e comunicação com as pessoas. E a administração de condomínios não é exceção à regra.

Se você atua como administrador ou síndico de um condomínio residencial já deve ter pensado em como fazer uso das plataformas sociais para divulgação de material informativo para os condôminos, bem como para inibir a ação de perfis e páginas “falsos”. Pensando nisso, separamos cinco dicas para você usar nas redes sociais em prol do seu condomínio. Acompanhe!

Educar e orientar

O mais “nobre” dos aspectos das redes sociais é a sua capacidade incrível de propagar informação e conhecimento. Use isso a favor do seu condomínio e de todos os moradores, publicando materiais que orientem e eduquem as pessoas acerca dos assuntos e problemas inerentes ao condomínio.

Nesse sentido, é possível oferecer materiais como: dicas de segurança para evitar acidentes nas áreas de lazer, procedimentos para entrada no condomínio durante a noite, como e onde depositar o lixo, horários permitidos para certas atividades (pequenas reformas e confraternizações, por exemplo), dentre outras possibilidades.

Evitar conteúdo disperso

O grande pecado dos grupos ditos funcionais nas redes sociais é a quantidade de material disperso que é compartilhado. Correntes, memes e links com notícias sobre assuntos totalmente alheios à proposta dos perfis e páginas (quando não falsas) estão entre os casos mais recorrentes. Evite a todo custo, pois isso torna a discussão dispersa, desestimulante e menos importante.

Mostrar resultados

Uma ótima ideia é usar as redes sociais para mostrar e divulgar resultados de ações e campanhas realizadas no condomínio, como as de coleta de agasalho e alimentos, de economia de recursos (água, energia) e de coleta seletiva de resíduos.

Além disso, você pode também divulgar o resultado de ações nas áreas comuns e de lazer, como reformas na piscina e manutenção do playground — afinal, quem não gostaria de saber que os recursos do condomínio estão sendo bem gastos?

Promover a integração

Redes sociais são feitas de pessoas que comunicam e interagem entre si, e nada mais adequado que essas plataformas sejam utilizadas para a integração entre pessoas do mesmo grupo. No caso de um condomínio residencial, nada melhor do que aproximar as pessoas que vivem sob os mesmos “tetos”, não é mesmo?

Faça uso das redes sociais para divulgar ações de integração, eventos de confraternização ou mesmo pequenas brincadeiras virtuais, desde que tenham relação com aspectos ou temas ligados ao cotidiano do condomínio. Vivência e relacionamento social também são práticas saudáveis e possíveis dentro de comunidades virtuais.

Manter aberto um canal de comunicação

Você, enquanto administrador ou síndico, deve sempre estar atento e disponível para receber quaisquer tipos de reclamação, denúncia ou sugestão por parte dos moradores. Isso se aplica também aos canais digitais, por onde você deve acolher e responder de forma precisa e cordial a todas as solicitações, desde que o canal seja o oficial.

Usar as redes sociais na administração de condomínios não é tarefa das mais fáceis, principalmente quando temos que lidar com pessoas que têm interesses, objetivos e personalidades distintas. Mas, agora que você já tem em mãos as principais dicas e orientações, que tal compartilhar com seus contatos nas suas redes sociais?

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

topo